GANHE MASSA MUSCULAR EM ATÉ 6 SEMANAS com tratamento especializado! Agende pelo (11) 94914-6410

Artigos

queda-de-testosterona-280520.jpg

Queda da Testosterona em Homens nos dias atuais

  • Medicina Desportiva MP.LIFE

HISTÓRIA : Os efeitos biológicos dos testículos e testosterona nos homens são conhecidos desde a antiguidade. Aristóteles conhecia os efeitos da castração. Ao longo dos séculos, a castração tem sido realizada como punição e para produzir escravos obedientes, mas também para preservar as vozes soprano de meninos pré-púberes.

A castração também tem sido usada como vingança pela sedução e adultério ao longo dos séculos. A moderna terapia androgênica começou em 1935 quando  a testosterona foi sintetizada quimicamente. Nas décadas de 1950 e 1960, as pesquisas concentraram-se na modificação química de andrógenos, a fim de enfatizar seus efeitos anabólicos.

A testosterona é o hormônio responsável por grandes diferenças entre homens e mulheres. A testosterona tem um grande impacto no fenótipo, fisiologia e psicologia do indivíduo. É a força motriz da reprodução e tem um impacto na sociedade, cultura e política.

Uma das razões pelas quais é tão difícil identificar o que está causando os declínios de testosterona é o grande número de fatores que podem estar em jogo.

Para explicar a baixa testosterona, os pesquisadores citaram outras tendências de estilo de vida tão abrangentes quanto o aumento da temperatura em residências e escritórios, falta de exercício e até roupas íntimas apertadas. Também é difícil estabelecer a direção da causalidade. A testosterona diminuiu em resposta a um mundo mudado, ou o mundo mudou para acomodar homens menos viris?

Nas duas últimas décadas, os níveis de testosterona nos homens diminuíram rapidamente.

Essas informações são provenientes de um estudo prospectivo de longo prazo que avaliou alterações na testosterona sérica em toda a população.

Estudos mostram que os níveis de testosterona masculina vêm diminuindo há décadas. O mais proeminente revelou uma queda "substancial" nos níveis de testosterona masculina desde os anos 80, com os níveis médios diminuindo cerca de até 30 %.

Eis aqui alguns “suspeitos” pela queda de testosterona nos homens atuais (estão sendo pesquisados):

Os pesquisadores sabem há muito tempo que o hormônio testosterona pode subir e descer de acordo com o ambiente ou a situação de vida de um homem. Casamento, tornar-se pai, estresse podem fazer com que a presença do hormônio aumente ou diminua. 

Viver em áreas pobres vs. industrializadas pode afetar os níveis hormonais.

Bisfenol A, também conhecido pela sigla BPA, é um composto muito utilizado para fazer plásticos de policarbonato e resinas epoxi, sendo comumente utilizado em recipientes para armazenar comida, garrafas de água e de refrigerantes e em latas de alimentos em conserva. No entanto, quando esses recipientes entram em contato com  alimentos muito quentes ou quando são colocados no micro-ondas, o bisfenol A presente no plástico contamina o alimento e acaba sendo consumido juntamente com a comida.

Não só tem sido associado a baixos níveis de testosterona, mas também à disfunção erétil e câncer.

Veja mais:

Loções para o sol: e é aqui que elas podem causar mais danos, já que a grande área de superfície do corpo exige muita loção (parabenos).

Você encontrará também em uma ampla variedade de produtos:Cosméticos, Shampoos, Pasta de dentes, géis de barbear.

Ftalatos são uma classe de substâncias comumente utilizados em produtos de consumo. Os ftalatos causam uma larga série de problemas adversos à saúde, incluindo danos ao fígado, aos rins e ao pulmão bem como anormalidades no sistema reprodutivo e o desenvolvimento sexual.

Alguns itens onde eles estão:

Velas perfumadas à base de óleo não orgânico / não essencial, Spray Corporal, a maioria dos perfumes comerciais, desodorizadores, sprays de banho perfumados, produtos aromáticos para cuidados pessoais.

Eles também foram encontrados em muitos itens de fast-food.

Alguns xenoestrogênios vêm do reino vegetal, portanto são conhecidos como fitoestrogênios.

SOJA

A principal fonte de alimento para grandes quantidades de fitoestrogênios. Muitos veganos e vegetarianos querem compensar a falta de proteínas de origem animal comendo mais soja.Mas basta dizer que um consumo regular de soja pode ter efeitos prejudiciais nos níveis de testosterona. 

CERVEJA

Até mesmo a cerveja nos fins de semana diminui a  testosterona.

COLESTEROL

As preocupações falsas com a saúde que causaram o grande susto no colesterol dos anos 70-80 foram desmascaradas, mas, no entanto, deram origem a uma série de medidas para diminuir o colesterol, o que em parte leva aos problemas de andrógenos que estamos enfrentando agora. Se você comer menos dos alimentos que contêm colesterol, terá uma queda semelhante nos andrógenos. 

TRICOSAN

O principal agente antibacteriano encontrado no sabão antibacteriano e triclocarban têm um efeito redutor de testosterona que provém de alterações na atividade dos testículos.

DROGAS COMUNS

Muitos medicamentos comumente prescritos afetam os níveis de testosterona, dentre eles: Estatinas, Bloqueadores beta, Antidepressivos Tranquilizantes.

A terapia com testosterona  está em ascensão. De 2010 a 2020, as prescrições mais que dobraram. 

O aumento do interesse reflete uma genuína mudança fisiológica: hoje, em toda a população, os homens têm menos testosterona em comparação aos homens da mesma idade, uma geração atrás.

PORQUE FAZER O IMPLANTE HORMONAL?

6 MESES DE DURAÇÃO

  • MANTÉM UM NÍVEL HORMONAL ADEQUADO NAS 24 HS. NÃO TEM PICOS OU QUEDAS.
  • NÃO PASSA PELO FÍGADO ( NÃO PRODUZ LESÃO HEPÁTICA ) 
  • NÃO PRODUZ GINECOMASTIA , ATROFIA TESTICULAR E OUTROS DANOS PRODUZIDOS PELOS ESTERÓIDES  ANABÓLICOS USADOS INDISCRIMINADAMENTE POR JOVENS E ADULTOS, ATÉ SEM RECEITA MÉDICA.

Os homens também recorrem aos implantes hormonais, principalmente com o objetivo de melhorar a libido e a saúde sexual, assim como minimizar os sintomas da andropausa. Exemplo: irregularidades do sono, perda muscular, ganho de peso, instabilidade emocional, problemas ósseos, diminuição do impulso sexual, disfunção erétil, memória fraca e falta de concentração, entre outros.

Aliado da qualidade de vida, o implante hormonal também poderia ser chamado de "chip da autoestima", já que, além dos benefícios estéticos, proporciona mais vigor, energia e libido, refletindo na melhora da performance esportiva e da vida sexual dos homens.

Em resumo ainda não se conhece exatamente os diversos elementos da vida atual que estão levando a uma baixa progressiva da testosterona nos homens modernos no mundo inteiro, contudo, para alegria de alguns, vem aumentando cada vez mais a procura por reposição hormonal de testosterona, principalmente na forma de implante, pois, tem duração em torno de 6 meses, e contém hormônio bioidêntico que quase não tem efeitos colaterais em comparação com os “esteróides” e hormônios vendidos em comprimidos e injeções.

 

GRUPO MP.LIFE

www.clinicadesportivamplife.com.br

www.implantehormonalmasculino.com.br

www.clinicaparahomens.com.br

www.chipdabeleza.com.br 

www.quedadecabelomplife.com.br 

www.cemagra.com.br

 

Tags: testosterona medicina esportiva

Fale Conosco

(11) 3799-1418
(11) 94914-6410
Alameda dos Maracatins,1217
5º Andar - CJ.510, 04089-014
Indianópolis - São Paulo/SP.
contato@
clinicadesportivamplife.com.br
Segunda á Sexta
das 09:00 às 17:00 horas

Todos os direitos reservados 2020 @ Clínica Desportiva - Aumento de Massa Muscular, Definição e Hipertrofia.
FALE CONOSCO